top of page
passeios-forte.jpg

PASSEIOS SAZONAIS | 1 DIA

TORRES DA NOBREZA:

CASTELOS, PAÇOS E CASAS FORTES

2024 | JUNHO: 2 (DIA INTEIRO)

A casa de morada, enquanto assento permanente de um nobre, comporta um valor simbólico que se espelha sobretudo na arquitectura, artes decorativas e local de implantação. A nobreza que desceu ao Alentejo, rodeada por terras das ordens religiosas, reflecte o seu esplendor e afirma o seu poder sob formas únicas, próprias da história local e das características territoriais.

O Paço dos Duques de Cadaval, que partiu da Torre das 5 Quinas, por sua vez, com origem no castelo eborense, estabelece um diálogo interessante acerca da localização e das formas escolhidas pelos nobres nas suas habitações. Vamos descobrir como a Torre e os elementos de fortificação assumem o seu papel protagonista na concepção do paço encomendado por Martim Afonso de Melo, descendente da coroa portuguesa, e a sua utilização como residência por vários reis portugueses.

Continuando na mesma temática, vamos até ao campo, onde encontraremos a Torre de António de Mira Sobrinho, do século XVI, no coração da sua propriedade na Nossa Senhora da Boa Fé. Visitamos esta peculiar herdade alentejana conhecida como Torre da Giesteira e observamos a combinação entre elementos decorativos e de fortificação, num conjunto arquitectónico conhecido como Casa Forte característico dos territórios senhoriais. Em frente, junto à Capela de Nossa Senhora da Conceição, desfrutamos de um picnic exterior, com a torre e o campo em volta, e descansamos, antes de passarmos à última etapa do nosso passeio.

Terminamos o dia no Paço da Oliveira, hoje pertença do Enólogo António Maçanita. Aqui, desviamos a atenção para outro produto do Alentejo: as vinhas. Visitamos a Adega, provamos os famosos vinhos e, no final, guiados pelo discurso do Professor Catedrático José Custódio Vieira da Silva, visitamos o antigo paço, cujo domínio foi ali instalado no século XIII por D. Martinho de Oliveira que o começou também com uma torre.

 

 

Temas: 

Residências da Nobreza, Castelos Medievais, Paços Medievais e Modernos, Casas Fortes, Arquitectura Medieval e Moderna, Manuelino, Vinhos do Alentejo.

Dias e extensão: 

1 dia, numa extensão de 50km.

Territórios: 

Évora, Nossa Senhora da Boa Fé, Nossa Senhora da Graça do Divor.

 

Inclui: 

Entrada no Palácio dos Duques de Cadaval, Picnic na Torre da Giesteira, Visita Guiada às Vinhas Fita Preta e Paço da Oliveira, transporte durante todo o percurso, seguro de acidentes pessoais, IVA à taxa em vigor.

230€

 1 dia 

2 de Junho 

As Reservas estão sujeitas a disponibilidade. 
 

Clique aqui para avançar com a sua reserva. 

"Experiência maravilhosa. Estou deslumbrada. Tanta beleza junta é maravilhoso. Preparação da visita de uma grande amabilidade e profissionalismo. Uma mostra ainda da excelência da refeição no Alentejo."

RESUMO

Territórios:

Évora, Nossa Senhora da Boa Fé, Nossa Senhora da Graça do Divor.

Actividades:

Visita Guiada ao Palácio dos Duques de Cadaval, Picnic e Visita à Torre da Giesteira, Visita à Adega Fita Preta do Enólogo António Maçanita e Paço da Oliveira.

Alojamento:

Fale connosco, ajudamos na sua reserva.

Capacidade e reservas:

Min 12 / Reservas até ao preenchimento das vagas disponíveis.

Ponto de Encontro: Évora

mapa-torres.jpg

CONDIÇÕES

 

Programa a realizar com um mínimo de 12 pessoas;

Apoio na reserva de alojamento;

Preços por pessoa;

A reserva só será válida após o pagamento do total ou de 30% do valor do programa;

Reservas até 60 dias de antecedência.

INCLUI

Entradas no Palácio dos Duques de Cadaval, Picnic e Visita à Torre da Giesteira, Entrada na Adega Fita Preta, incluindo Paço da Oliveira;

Almoço Picnic;

Prova de vinhos;

Acompanhamento por intérprete do património especializado;

Transporte durante o percurso descrito;

Seguro de acidentes pessoais;

IVA à taxa em vigor.

 

NÃO INCLUI 

Transporte até ao ponto de encontro;

Refeições não mencionadas no programa;

Despesas de cariz pessoal;

Alojamento.

bottom of page